Notícias

 

Respostas Sociais da Misericórdia de Lousada

A construção dos Lares de Idosos, neste concelho deveu-se essencialmente à necessidade de fazer frente aos problemas que abrangiam e ainda abrangem a população Idosa.

Na tentativa de manter o equilíbrio, procura-se admitir Idosos de diferentes taxas etárias e com diferentes percursos de vida, a fim de se promoverem relações de inter-ajuda.

Um dos problemas com os quais instituição se depara, é a integração dos Idosos num local onde têm de partilhar o mesmo espaço, obedecer a normas/regras, cumprir horários, tendo em conta que grande parte dos Idosos vêm de um meio rural.

 

Assim, torna-se por vezes difícil criar um ambiente em que todos se sintam bem, porque pelo facto de se integrarem pessoas com hábitos e culturas diferentes, vem originar por vezes conflitos entre os Idosos.

A nossa Instituição a fim de melhor integrar os Idosos no ambiente dos lares, realiza várias actividades, para que estes se sintam bem e possam fazer aquilo que desejam, permitindo que se desenvolvam laços de amor e amizade.

Por outro lado, às vezes ainda é difícil integrá-los nestas actividades, visto que estavam habituados a outro tipo de tarefas.

Com estas actividades que vão desde passeios, praia, exposição de trabalhos por si realizados, canto, entre outras, a Instituição tenta ao máximo aproximar-se dos interesses dos idosos.

 

Desta forma, os Lares Sousa Freire e Lar Residencial Lúcia Lousada, têm como objectivos primordiais:

 

  • Responder às necessidades do idoso;
  • Promover o relacionamento interpessoal e social entre os idosos e jovens;
  • Promover um equilíbrio psicológico, físico e
  • Manter o relacionamento entre o idoso e a família.

 

É precisamente neste ponto, ou seja, no relacionamento Idoso/Família que muitas das vezes encontramos problemas, no sentido em que por vezes a família descura-se desta função, deixando os Idosos deprimidos com a Ideia de que foram abandonados pelos mesmos. Desta forma, a família deverá ser o factor essencial para que o Idoso sobreviva e se mantenha equilibrado emocionalmente. A família precisa de entender que os idosos são capazes e válidos e que é importante que encontrem tempo para conversarem e saberem que os Idosos pensam e de como gostariam de viver.  É necessário que se reforcem os vínculos no campo afectivo entre as gerações.

 

É por estes motivos, que a nossa Instituição pretende assemelhar os Lares o mais possível a uma verdadeira família, para facilitar aos Idosos a sua integração e uma vivência agradável para que nunca pensem que os Lares são meros depositários.